A importância da comunicação assertiva

Confira um pouco sobre o artigo postado pelo site otempo.

O sucesso de uma empresa depende de vários fatores como qualidade dos serviços oferecidos e preparação da equipe. Porém, uma característica que tem sido muito valorizada atualmente é a capacidade dos profissionais de se comunicarem de forma clara.

Com isso, a comunicação assertiva está entre as “soft skills” mais valorizadas do mercado, segundo dados da empresa de consultoria McKinsey. De acordo com a pesquisa da revista britânica “The Economist”, 44% das empresas relatam que a falta de comunicação interna causou atrasos nos processos, por isso os profissionais com boa comunicação têm ganhado destaque.

A comunicação assertiva é caracterizada pela capacidade do profissional em se expressar de forma objetiva, direta, confiante e sem abrir margem para outras interpretações. Vale destacar que essa comunicação é firme, mas não é agressiva. A empatia e a objetividade andam juntas no diálogo assertivo.

Para as empresas, essa característica é benéfica para os líderes e funcionários. Uma vez que a comunicação é objetiva, é possível observar um aumento na produtividade da equipe. Além disso, em momentos de conversas difíceis, como em um corte de gastos, a assertividade se torna bastante necessária.

A falta de empatia, planejamento e controle da emoção pode tornar um conflito ainda maior. Por isso, é necessário que os líderes e colaboradores saibam como se comportar nessas situações, para tornar o trabalho mais eficaz.

Para desenvolver essa característica, o profissional deve seguir algumas etapas. A primeira é prestar atenção à linguagem e na escolha das palavras, aspectos que contribuem para a clareza e objetividade dos discursos.

Além disso, saber como trabalhar as emoções é uma boa forma de garantir que não ocorra problemas de entendimento ou desavenças. Saber aceitar elogios e críticas também é um fator que contribui para a fluidez da comunicação entre a equipe.

É fato que, ao se falar de comunicação em uma empresa, a impulsividade pode ser um fator prejudicial. Por isso, cabe aos gestores e aos colaboradores analisarem a situação antes de comunicar algo, de forma que a mensagem seja efetiva. Para situações de conflito, essa é uma etapa importante que evita ruídos na comunicação.

Apesar de a comunicação fazer parte do dia a dia, desenvolvê-la é um processo que exige conhecimento e aprimoramento. Quem domina a comunicação assertiva se torna mais ágil, consegue trabalhar com diferentes pessoas e situações. Por isso, a comunicação assertiva deve fazer parte do perfil daqueles que querem mais destaque no meio profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *